Encontre empresas e profissionais próximos a você! Simples, prático e rápido!
Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro do Casamento – Parte 1

Este é o primeiro capítulo de uma série de posts que vamos fazer sobre como realizar o planejamento financeiro do seu casamento, desde a determinação do orçamento até o controle dos pagamentos aos fornecedores. Neste primeiro post, vamos da etapa fundamental para começar: a determinação do orçamento total da festa.

Esta é de fato a etapa mais importante de todo o planejamento financeiro do seu casamento

1) Determinar quem serão os financiadores:

Os noivos precisarão discutir primeiro sobre quais serão as fontes de financiamento do casamento. Perguntas a serem respondidas:
- Quem contribuirá para o pagamento?
- Somente os noivos contribuirão para o orçamento?
- E os pais dos noivos também estão dispostos a contribuir?
- Outros?

2) Estipular a forma de contribuição:

Deve-se discutir abertamente com todas as fontes, seja individualmente com cada um, seja em uma reunião conjunta com todos sobre as formas de contribuição de cada um.

Podem ser duas opções de contribuição:

  • Por valor: cada um se compromete um valor a ser investido no casamento. Exemplo: Pais da noiva com R$ 50.000,00. Pais do noivo com R$ 40.000,00. E os noivos com R$ 20.000,00.
  • Por item do casamento: cada um se compromente em pagar um ou mais fornecedores do casamento. Exemplo: Pais da noiva pagarão o buffet, o fotógrafo e o vestido da noiva. Enquanto os pais do noivo pagarão o salão, os docinhos e a assessoria. Os noivos ficarão com o resto dos gastos.

É importante ressaltar que as partes não necessariamente precisam dar sempre os mesmos valores, cada um deve contribuir como puder, sem obrigações.

3) Contingência:

Por melhor que seja o planejamento e o orçamento, imprevistos e upgrades sempre acontecem e é bem possível que os noivos se empolguem durante o planejamento e o orçamento saia do previsto. Por isso, reservar uma quantia para estes gastos eventuais sempre é uma decisão segura.

4) Estilo de Casamento:

A opção mais racional seria com base no total de dinheiro previsto, determinar o estilo de casamento. Ok, Ok, só os noivos pensariam assim, as noivas preferem que o orçamento que seja adaptado ao estilo de casamento.

5) Extras

Lembrem-se que além dos gastos com o casamento, provavelmente outros custos também devem ser considerados na preparação da nova vida a dois. Custos como a nova moradia do casal e a decoração e gastos com a lua de mel também devem ser considerados durante esta etapa do planejamento financeiro.

Credits: illustration: Ursula Osteen

Comentários

  1. GravatarLuciane Marques

    Adorei as dicas para o planejamento, realmente elas dão uma clareada no caminho! Um abraço!

Leave a Comment